• Allan Kardec Online

Obrigado mestre! Nossa homenagem ao aniversário do desencarne de Allan Kardec



Um dos últimos manuscritos do mestre que foi publicado na Revista Espírita de março de 1869, o artigo "A carne é fraca - estudo psicológico e moral"




Segue o trecho que consta do manuscrito e do maravilhoso artigo publicado no mês do desencarne do mestre:

“𝐶𝑜𝑚 𝑜 𝑠𝑒𝑟 𝑒𝑠𝑝𝑖𝑟𝑖𝑡𝑢𝑎𝑙 𝑖𝑛𝑑𝑒𝑝𝑒𝑛𝑑𝑒𝑛𝑡𝑒, 𝑝𝑟𝑒𝑒𝑥𝑖𝑠𝑡𝑒𝑛𝑡𝑒 𝑒 𝑠𝑜𝑏𝑟𝑒𝑣𝑖𝑣𝑒𝑛𝑡𝑒 𝑎𝑜 𝑐𝑜𝑟𝑝𝑜, 𝑎 𝑟𝑒𝑠𝑝𝑜𝑛𝑠𝑎𝑏𝑖𝑙𝑖𝑑𝑎𝑑𝑒 𝑒́ 𝑎𝑏𝑠𝑜𝑙𝑢𝑡𝑎. 𝑂𝑟𝑎, 𝑝𝑎𝑟𝑎 𝑜 𝑚𝑎𝑖𝑜𝑟 𝑛𝑢́𝑚𝑒𝑟𝑜, 𝑜 𝑝𝑟𝑖𝑚𝑒𝑖𝑟𝑜, 𝑜 𝑝𝑟𝑖𝑛𝑐𝑖𝑝𝑎𝑙 𝑚𝑜́𝑣𝑒𝑙 𝑑𝑎 𝑐𝑟𝑒𝑛𝑐̧𝑎 𝑛𝑜 𝑛𝑖𝑖𝑙𝑖𝑠𝑚𝑜, 𝑒́ 𝑜 𝑝𝑎𝑣𝑜𝑟 𝑞𝑢𝑒 𝑐𝑎𝑢𝑠𝑎 𝑒𝑠𝑠𝑎 𝑟𝑒𝑠𝑝𝑜𝑛𝑠𝑎𝑏𝑖𝑙𝑖𝑑𝑎𝑑𝑒, 𝑓𝑜𝑟𝑎 𝑑𝑎 𝑙𝑒𝑖 ℎ𝑢𝑚𝑎𝑛𝑎, 𝑒 𝑎̀ 𝑞𝑢𝑎𝑙 𝑠𝑒 𝑐𝑟𝑒̂ 𝑒𝑠𝑐𝑎𝑝𝑎𝑟, 𝑡𝑎𝑝𝑎𝑛𝑑𝑜 𝑜𝑠 𝑜𝑙ℎ𝑜𝑠. 𝐴𝑡𝑒́ ℎ𝑜𝑗𝑒 𝑒𝑠𝑡𝑎 𝑟𝑒𝑠𝑝𝑜𝑛𝑠𝑎𝑏𝑖𝑙𝑖𝑑𝑎𝑑𝑒 𝑛𝑎𝑑𝑎 𝑡𝑖𝑛ℎ𝑎 𝑑𝑒 𝑏𝑒𝑚 𝑑𝑒𝑓𝑖𝑛𝑖𝑑𝑜; 𝑛𝑎̃𝑜 𝑒𝑟𝑎 𝑠𝑒𝑛𝑎̃𝑜 𝑢𝑚 𝑚𝑒𝑑𝑜 𝑣𝑎𝑔𝑜, 𝑓𝑢𝑛𝑑𝑎𝑑𝑜, 𝑒́ 𝑝𝑟𝑒𝑐𝑖𝑠𝑜 𝑟𝑒𝑐𝑜𝑛ℎ𝑒𝑐𝑒𝑟, 𝑒𝑚 𝑐𝑟𝑒𝑛𝑐̧𝑎𝑠 𝑛𝑒𝑚 𝑠𝑒𝑚𝑝𝑟𝑒 𝑎𝑑𝑚𝑖𝑠𝑠𝑖́𝑣𝑒𝑖𝑠 𝑝𝑒𝑙𝑎 𝑟𝑎𝑧𝑎̃𝑜; 𝑜 𝐸𝑠𝑝𝑖𝑟𝑖𝑡𝑖𝑠𝑚𝑜 𝑎 𝑑𝑒𝑚𝑜𝑛𝑠𝑡𝑟𝑎 𝑐𝑜𝑚𝑜 𝑢𝑚𝑎 𝑟𝑒𝑎𝑙𝑖𝑑𝑎𝑑𝑒 𝑝𝑎𝑡𝑒𝑛𝑡𝑒, 𝑒𝑓𝑒𝑡𝑖𝑣𝑎, 𝑠𝑒𝑚 𝑟𝑒𝑠𝑡𝑟𝑖𝑐̧𝑎̃𝑜, 𝑐𝑜𝑚𝑜 𝑢𝑚𝑎 𝑐𝑜𝑛𝑠𝑒𝑞𝑢𝑒̂𝑛𝑐𝑖𝑎 𝑛𝑎𝑡𝑢𝑟𝑎𝑙 𝑑𝑎 𝑒𝑠𝑝𝑖𝑟𝑖𝑡𝑢𝑎𝑙𝑖𝑑𝑎𝑑𝑒 𝑑𝑜 𝑠𝑒𝑟. 𝐸𝑖𝑠 𝑝𝑜𝑟 𝑞𝑢𝑒 𝑐𝑒𝑟𝑡𝑎𝑠 𝑝𝑒𝑠𝑠𝑜𝑎𝑠 𝑡𝑒̂𝑚 𝑚𝑒𝑑𝑜 𝑑𝑜 𝐸𝑠𝑝𝑖𝑟𝑖𝑡𝑖𝑠𝑚𝑜, 𝑞𝑢𝑒 𝑎𝑠 𝑝𝑒𝑟𝑡𝑢𝑟𝑏𝑎𝑟𝑖𝑎 𝑒𝑚 𝑠𝑢𝑎 𝑞𝑢𝑖𝑒𝑡𝑢𝑑𝑒, 𝑒𝑟𝑔𝑢𝑒𝑛𝑑𝑜 𝑎̀ 𝑠𝑢𝑎 𝑓𝑟𝑒𝑛𝑡𝑒 𝑜 𝑡𝑒𝑚𝑖́𝑣𝑒𝑙 𝑡𝑟𝑖𝑏𝑢𝑛𝑎𝑙 𝑑𝑜 𝑓𝑢𝑡𝑢𝑟𝑜. 𝑃𝑟𝑜𝑣𝑎𝑟 𝑞𝑢𝑒 𝑜 ℎ𝑜𝑚𝑒𝑚 𝑒́ 𝑟𝑒𝑠𝑝𝑜𝑛𝑠𝑎́𝑣𝑒𝑙 𝑝𝑜𝑟 𝑡𝑜𝑑𝑜𝑠 𝑜𝑠 𝑠𝑒𝑢𝑠 𝑎𝑡𝑜𝑠 𝑒́ 𝑝𝑟𝑜𝑣𝑎𝑟 𝑎 𝑠𝑢𝑎 𝑙𝑖𝑏𝑒𝑟𝑑𝑎𝑑𝑒 𝑑𝑒 𝑎𝑐̧𝑎̃𝑜, 𝑒 𝑝𝑟𝑜𝑣𝑎𝑟 𝑎 𝑠𝑢𝑎 𝑙𝑖𝑏𝑒𝑟𝑑𝑎𝑑𝑒 𝑒́ 𝑟𝑒𝑠𝑔𝑎𝑡𝑎𝑟 𝑎 𝑠𝑢𝑎 𝑑𝑖𝑔𝑛𝑖𝑑𝑎𝑑𝑒. 𝐴 𝑝𝑒𝑟𝑠𝑝𝑒𝑐𝑡𝑖𝑣𝑎 𝑑𝑎 𝑟𝑒𝑠𝑝𝑜𝑛𝑠𝑎𝑏𝑖𝑙𝑖𝑑𝑎𝑑𝑒 𝑓𝑜𝑟𝑎 𝑑𝑎 𝑙𝑒𝑖 ℎ𝑢𝑚𝑎𝑛𝑎 𝑒́ 𝑜 𝑚𝑎𝑖𝑠 𝑝𝑜𝑑𝑒𝑟𝑜𝑠𝑜 𝑒𝑙𝑒𝑚𝑒𝑛𝑡𝑜 𝑚𝑜𝑟𝑎𝑙𝑖𝑧𝑎𝑑𝑜𝑟: 𝑒́ 𝑜 𝑜𝑏𝑗𝑒𝑡𝑖𝑣𝑜 𝑎𝑜 𝑞𝑢𝑎𝑙 𝑐𝑜𝑛𝑑𝑢𝑧 𝑜 𝐸𝑠𝑝𝑖𝑟𝑖𝑡𝑖𝑠𝑚𝑜 𝑝𝑒𝑙𝑎 𝑓𝑜𝑟𝑐̧𝑎 𝑑𝑎𝑠 𝑐𝑜𝑖𝑠𝑎𝑠.”

Trechos deste artigo foram também acrescentados em uma obra fundamental, O Céu e o Inferno, no Capítulo VII da 4a edição.


Em breve este manuscrito integral estará disponível no Projeto Allan Kardec da Universidade Federal de Juiz de Fora – MG - http://projetokardec.ufjf.br/.


Esta é uma publicação em conjunto do museu AKOL - AllanKardec.online, do CSI do Espiritismo e do site www.ObrasdeKardec.com.br. Uma mensagem de agradecimento ao trabalho e dedicação do professor, pensador e filósofo Allan Kardec.

Referência: Revista Espírita de 1869 – FEB – Tradução de Evandro Noleto Bezerra - https://www.febnet.org.br/.../revistaespi.../Revista1869.pdf

21 visualizações0 comentário